Swift

Descargas Proibidas



Numa manhã de despertar terrivelmente mau agourento, Brasilino Patriota teve de saltar da cama num átimo e, tal qual seu falecido herói dos domingos matinais, correr feito um bólido até seu trono particular. Suas estranhas revolviam-se como que se dentro de sua pança cultivada a carne assada e a boa e velha Kaiser, um oitavo passageiro ali tivesse feito morada. Quando a coisa começou a seguir a ordem natural da vida, trazendo-lhe certo alívio, um novo susto. Um pé gigantesco envolto por uma negra e lustrosa botina estourou a porta num só golpe. Brasilino encolheu-se em si mesmo, enquanto o homem envergando uma farda portentosa, ladeado por outros dois armários adentrou o recinto. 
- Alto lá cidadão! Pare imediatamente o que está fazendo.
- Não, dá, senhor... 
- Não me venha com desculpas, cidadão. Muito menos com essa xurumelas de senhor. É uma ordem! - N-não co-consigo, se-senhor, não não... 
- Tá gaguejando, meliante? Pois não me venha com com esse papinho de culpado. Interrompa já a evacuação. 
- Evacuação, senhor? 
- A defecação, bandido. 
- Defecação, senhor? 
- Chega de enrolação e pare logo de cagar, seu bosta. Hoje não lhe é dia autorizado a "passar um fax", não se lembra, não? 
- Mas, senhor... 
- Nada de mas, seu criminoso. A Medida Provisória 1.007.653/19 é claríssima, cidadão. Sua violação é gravíssima. 
- Mas, senhor, não se refere à Medida Provisória 1.007.243/19? 
- Zero Três, mas veja só como o bandidinho quer dar de espertinho com a gente. Quer fingir que é Doutor Adevogado. Que gracinha, não? 
- Posso dar um cascudo, Capitão? 
- Sossega Zero Três. Nós é polícia, gente da lei. Cascudo não pode, mas dá uma ajudinha na interrupção do processo. Uma pancadinha na boca do estômago resolve. 
- ARGH!!!! Eu vou... 
- Vai o quê, infrator? Nos denunciar na OAB? Olha que piadista Zero Sete? Não parou de descer ainda, dá aquela forcinha. 
- ARGH! 
- Rapazes, peguem o meliante pelos braços. Vamos levar o disgramado pra delegacia. Mas cuidado com a farda. 
- SIM SENHOR, SENHOR! 
- Mas... mas... Deixem pelo menos me limpar... 
- Necapaus, infrator. E vamos deixar que apague as provas do delito, espertinho? E Zero Sete, gruda esse cartaz de aviso aí, que se antes dos sete dias alguém puxar a descarga, explodimos essa baiuca. Não mandei desobedecer as regras, que aguentem o chêrinho do depósito. 
- Ok, senhor. 
- E vamos logo, que temos mais visitas a fazer por hoje.

Outros Posts interessantes

0 comentários

Flickr Images